Desenho

Dicas essenciais de desenho para artistas iniciantes

É um artista principiante que quer começar a desenhar de forma consistente? Você tem um sketchbook ou dois (ou três) por aí, mas acha que você raramente usá-los ou porque você não consegue encontrar o tempo ou tem medo de “arruiná-los”? Você gostaria de passar a fase inicial de “constrangimento” o mais rápido possível, para que você possa realmente começar a desfrutar de seu processo de desenho?

Em posts blogs passados e vídeos do YouTube, eu falei sobre como eu considero o desenho para ser a base para todos os tipos de arte. Não importa realmente que tipo de artista visual alguém está se preparando para se tornar, ou que nível de habilidade já foi alcançado, os artistas devem fazer esboços um hábito e continuar com esta prática ao longo de suas viagens.

No post de hoje, eu vou estar compartilhando as cinco melhores dicas que eu gostaria de saber quando eu comecei a esboçar. Ao entender e praticar estes pontos, você será capaz de progredir muito mais rápido, começar a desfrutar de seus estudos e explorações muito mais, e começar a preencher esboços inteiros em nenhum momento.

Antes de avançar, quero transmitir uma mensagem muito importante. Eu acredito que esboços e estudos menores são tão importantes quanto peças maiores, mais polidas que podem levar dias (ou mesmo semanas) para completar. Aprender a colocar ideias no papel de uma forma mais rápida e áspera é extremamente valioso como artista.

Foram precisamente estes tipos de estudos mais pequenos e mais rápidos que me permitiram progredir artisticamente, mantendo-me fiel à exigência de empregos a tempo inteiro e passando por grandes mudanças na vida.

Poucos de nós temos a sorte de saber, desde muito jovem, que queremos dedicar a nossa vida à arte e tornar-nos artistas profissionais algum dia. E uma porcentagem ainda menor dessas pessoas que sabem, têm a sorte de ter os fundos necessários para viver, enquanto apenas trabalham no desenvolvimento de suas habilidades artísticas. Se você é uma dessas pessoas sortudas e você tem o dinheiro/tempo para explorar as peças pequenas e maiores simultaneamente, por todos os meios ir para ele!

No entanto, se você tem filhos, empregos a tempo inteiro, uma casa para manter, e outras responsabilidades, tenha certeza de que esses estudos menores estão te movendo para a frente, desde que você está fazendo um ponto para se manter consistente. Cinco a seis pequenos esboços e / ou estudos por semana vão levá-lo muito mais longe do que a criação de uma grande obra-prima a cada cinco a seis meses, sem atividade no meio.

Aprenda a segurar o seu lápis para fins de desenho

Pode levar um pouco de tempo para o artista iniciante ficar confortável segurando um lápis para fins de desenho. Isto é natural, já que fomos treinados para segurar lápis e canetas de uma certa maneira desde que começamos a escrever.

Quando estamos a escrever, temos de ser capazes de criar letras simples e legíveis logo de início. Por outro lado, quando estamos desenhando, começamos por estabelecer linhas imperfeitas e refinamo-las ao longo do caminho (é para isso que nossos apagadores servem!). Estas são duas atividades muito diferentes e temos que fazer a mudança mental necessária para mudar nossa abordagem dependendo do que estamos fazendo.

Há muitas maneiras diferentes de segurar um lápis para propósitos de desenho e não há um que é necessariamente “melhor” do que o próximo. Vai depender do que você achar mais confortável em cada ponto do processo de desenho, uma vez que você tem um pouco mais de prática de desenho.

Diverte-te com ele e atira a perfeição pela janela! Temendo que você cometa erros e se esforçando pela perfeição vai impedi-lo de criar arte, o que vai impedi-lo de fazer progresso. Nunca receies a página em branco e, lembra-te, com cada sketch que fizeres, vais ficar cada vez melhor.

Fonte: https://artout.com.br/a-persistencia-da-memoria/